Pular para o conteúdo principal

Sobre Ruminar e Regurgitar: Velhos Ditados!

Dizem que o tempo é bom conselheiro, por isso sempre me atentei aos conselhos do tal "Velho Ditado".

Há bem pouco tempo o eminente Advogado do Presidente Usurpador em sua defesa por ocasião da leitura do relatório na CCJ que recomendava que o dito senhor fosse investigado bradou em tom de "aconselhamento" `Pau que mata Michel , mata Lula´! E não é que seus eminentes pares matutaram e acataram o "aconselhamento".

Precisei de um tempo para ruminar o acontecido, e por fim engolir não sem o risco de regurgitar, minha consciência militante não pode digerir e cá estou a pôr para fora. Como bem disse meu amigo filosofo Aldo Santos, que não é nenhum velho para deitar ditados, apenas jovem há um pouco mais tempo que eu, somos uma "geração de poetas militantes, onde os versos vomitam verdades, a sensibilidade vomita ódio e o engajamento pavimenta estradas de um novo amanhecer."

Como "Cada coisa tem o seu tempo", tenho aprendido que é preciso paciência histórica e sabedoria filosófica até mesmo para parafrasear a quem nos inspira, ouso então parafrasear o jovem filosofo acima citado, afim de poder "contextualizar dores e utopias e apontar os caminhos por onde devem trilhar os apaixonados pelo bom, belo e grávidos de um mundo antagônico ao sistema de morte que é o capitalismo."

 Para não tomar em demasia o tempo de quem me lê, vou direto ao ponto de partida, à história que me motivou a escrever esse “mal traçadas linhas”, já me sentindo por vós leitor@s perdoada, afinal até "Deus escreve certo por linha tortas".

Assim escreveu hoje, 17 de julho de 2017 o também jovem há quase o mesmo tempo que eu, o comandante Nelson Marques  em seu facebook.

"Desde criança sempre fui preocupado com as consequências de que os pequenos problemas poderiam tornar-se grandes... Eu gostava de me embalar numa rede atada na sala, aí reparei que os armadores estavam gastos; não pensei nem no que poderia acontecer se eles se rompessem, pensei na dificuldade financeira em que vivíamos: Como a minha mãe iria comprar outros e pagar a mão-de-obra para a substituição das peças, haja vista que ela ganhava apenas uma pensão do meu falecido pai?
Desde esse dia que percebi o iminente perigo parei de me embalar.
Hoje continuo me preocupado com coisas bem maiores, a política por exemplo. Ninguém prestou a atenção de que o armador estava desgastado, por isso a queda foi grande..."

Mesmo sabendo que se "conselho fosse bom não se dava de graça"
Para @s que se se julgam no mais elevado cume: "Quanto mais alto se voa , maior é o tombo".
Para @s subjulgad@s:  "Quanto mais se abaixa, mais a bunda aparece".


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A APROFFIB apoia e convida a todos para GREVE GERAL no dia 30 de junho

LUTAR É PRECISO!!!
A APROFFIB apoia e convida a todos para GREVE GERAL no dia 30 de junho
"Morrer ou deixar morrer" Não é querer fazer alusão as ideologias nazistas ou a qualquer tipo de ideologias, nem é ser anarquista, mas pelo contrário, é suscitar uma atitude crítica na sociedade em que vivemos. Recordarmos Nietzsche quando diz que nos tornamos passíveis diante dos problemas sem questionar ou lutar, enfim quando fugimos dos nossos direitos, transferimos o nosso poder a outras pessoas. Assim nós o perguntamos “morrer, ou deixar morrer”? Morrer é lutar pelos seus direitos, é lutar pela vida é fazer algo de sua existência, e deixar morrer é simplesmente cruzar os braços para tudo, para sociedade e principalmente para esse governo que nos massacra e tira de nós trabalhadores o direito à vida digna, o direito ao trabalho digno e principalmente o direito de se aposentar. E hoje, o que estamos fazendo? Durante o nazismo, o povo alemão matou e deixou morrer “por não saber o que ac…

Nota da APROFFESP sobre a greve geral de 30 de junho/2017

Nota da APROFFESP sobre a greve geral de 30 de junho/2017
“Trabalhadores do mundo inteiro uni-vos!” (K. Marx)

A greve geral do dia 30 de junho foi mais uma data que marcou significantemente a disposição de vários setores da classe trabalhadora em enfrentar de forma organizada os ataques aviltantes impostos pelo governo Temer com o aval do Parlamento, que na sua grande maioria está comprometido com esquemas de corrupção e ainda com a benevolência do STF, cujos membros são indicados pelo Presidente da República, o que no mínimo nos leva a duvidar da imparcialidade de seus ministros, sempre expostos aos interesses escusos das quadrilhas organizadas nos bastidores do poder.
Embora tenha ficado nítido um recuo (que precisa ser explicado!) por parte das grandes centrais sindicais, que diferente do dia 28 de abril, não se empenharam na convocação e na mobilização para garantir uma greve geral. Mesmo assim, aconteceram grandes manifestações por todo o Brasil com repercussão em vários órgãos de i…

Concurso: DIRETOR DE ESCOLA

Gargo:  DIRETOR DE ESCOLA
Inscrições:  de 03/07/2017 a 17/07/2017
Salário:  R$ 3.834,00
Data da Prova:  03/09/2017
Nível:  Superior
Vagas Disponíveis:  1.878
Organizadora:  Nosso Rumo
Edital de Abertura
Taxa de Inscrição: R$ 82,73

O conteúdo programático está pautado na Resolução SE 56, de 14-10-2016

Segue uma versão mais organizada

Resolução SE 56, de 14-10-2016
Dispõe sobre perfil, competências e habilidades requeridos dos Diretores de Escola da rede estadual de ensino, e sobre referenciais bibliográficos e legislação, que fundamentam e orientam a organização de concursos públicos e processos seletivos, avaliativos e formativos, e dá providências correlatas
Pode ser uma chave de interpretação a definição do perfil do Diretor de Escola da rede estadual de ensino, que propicieeducação básica inclusiva, democrática e de qualidade
Diretor de Escola
Sumário 1. Perfil do Diretor 2. Princípios que orientam a ação do diretor na SEE-SP 2.1. Compromisso com uma educação com qualidade e da aprendi…