quarta-feira, 25 de julho de 2018

APROFFESP ESTADUAL: NOTA DE ALERTA: NÃO À ESSA BNCC E À REFORMA DO ENS...

Bora lá companheirada... olhem o "presente de grego" do governo golpista para o nosso fim de ferias. Vamos entender o que esta por traz dessa BNCC... Desvalorização da Educação, Exílio de Disciplinas como filosofia, sociologia e outras, ou seja DESEMPREGO! DIGA NÃO À ESSA BNCC!!!



APROFFESP ESTADUAL: NOTA DE ALERTA: NÃO À ESSA BNCC E À REFORMA DO ENS...: É urgente e necessária nossa organização no debate para assumir posição contrária a essa BNCC. Fiquemos atentos e mobilizados contra mais ...

segunda-feira, 23 de julho de 2018

APOIO: A política como arte do bem comum

Visando o bem das pessoas "trabalhador@s de bem" participo da organização política (Psol) e do processo eleitoral, acreditando que é Possível Mudar defendo as Candidaturas de Guilherme Boulos e Sonia Guajajara à Presidência da Republica e as Pré candidaturas da Professora Lisete e Maurio Costa para o Governo do Estado de São Paulo, com @s companheir@s Silvia Ferraro e Daniel Cara para o Senado e dos Deputados, companheiros, amigos Aldo Santos Deputado Federal e André Sapanos Deputado Estadual.


https://www.facebook.com/andresapanospsol/
https://www.facebook.com/professoraldosantos/

Sobre política já diziam Aristóteles e Platão:

"Vemos que toda cidade é uma espécie de comunidade, e toda comunidade se forma com vistas a algum bem, pois todas as ações de todos os homens são praticadas com vistas ao que lhes parece um bem; se todas as comunidades visam algum bem, é evidente que a mais importante de todas elas e que inclui todas as outras, tem mais que todas, este objetivo e visa ao mais importante de todos os bens; ela se chama cidade e é a comunidade política" (Aristoteles, Pol., 1252a).

"Não há nada de errado com aqueles que não gostam de política, simplesmente serão governados por aqueles que gostam."
(Platão)






https://www.facebook.com/events/664370687236824/

Neruda e Eu: Sob o olhar atento de Marx




BORA LÁ... VIVER QUE A VIDA TEM PRESSA!

"Morre lentamente quem se torna escravo do hábito, repetindo todos os dias os mesmos percursos, quem não muda a marca, quem não se arrisca vestir uma nova cor, quem não fala com quem não conhece.
Morre lentamente quem evita uma paixão, quem prefere o preto no branco e os pingos nos "is", em vez de um remoinho de emoções, justamente aquelas que fazem brilhar os olhos, aquelas que fazem de um bocejo um sorriso, aquelas que fazem bater o coração diante dos erros e dos sentimentos.
Morre lentamente quem não vira a mesa quando está infeliz no trabalho, quem não arrisca a certeza pela incerteza para prosseguir um sonho, quem não se permite ao menos uma vez na vida, fugir dos conselhos sensatos.
Morre lentamente quem não viaja, quem não lê, quem não escuta música, quem não acha graça em si mesmo.
Morre lentamente quem destrói seu amor próprio, quem não se deixa ajudar.
Morre lentamente quem passa os dias se lamentando da própria sorte ou da chuva contínua.
Morre lentamente quem abandona um projeto antes de comecá-lo, quem não faz perguntas sobre assuntos que não conhece, ou quem não responde quando lhe perguntam sobre algo que domina.
Evitamos a morte em pequenas dores, lembrando sempre que estar vivo requer um esforço muito maior do que o simples fato de respirar.
Só a ardente paciência nos levará a conquistar uma esplêndida felicidade."
Texto de Pablo Neruda- Livro- A dança


BORA LÁ... VIVER QUE A VIDA TEM PRESSA!

"Morre lentamente quem se torna escravo do hábito, repetindo todos os dias os mesmos percursos, quem não muda a marca, quem não se arrisca vestir uma nova cor, quem não fala com quem não conhece.
Morre lentamente quem evita uma paixão, quem prefere o preto no branco e os pingos nos "is", em vez de um remoinho de emoções, justamente aquelas que fazem brilhar os olhos, aquelas que fazem de um bocejo um sorriso, aquelas que fazem bater o coração diante dos erros e dos sentimentos.
Morre lentamente quem não vira a mesa quando está infeliz no trabalho, quem não arrisca a certeza pela incerteza para prosseguir um sonho, quem não se permite ao menos uma vez na vida, fugir dos conselhos sensatos.
Morre lentamente quem não viaja, quem não lê, quem não escuta música, quem não acha graça em si mesmo.
Morre lentamente quem destrói seu amor próprio, quem não se deixa ajudar.
Morre lentamente quem passa os dias se lamentando da própria sorte ou da chuva contínua.
Morre lentamente quem abandona um projeto antes de comecá-lo, quem não faz perguntas sobre assuntos que não conhece, ou quem não responde quando lhe perguntam sobre algo que domina.
Evitamos a morte em pequenas dores, lembrando sempre que estar vivo requer um esforço muito maior do que o simples fato de respirar.
Só a ardente paciência nos levará a conquistar uma esplêndida felicidade."
Texto de Pablo Neruda- Livro- A dança

quarta-feira, 4 de julho de 2018

Liberdade de Expressão: Contra a Lei da Mordaça

Uma "Comissão Especial de Deputados", na sua maioria reacionários e fundamentalistas podem votar a qualquer momento o Projeto denominado "Escola Sem Partido", visando alterar mais uma vez de forma esdruxula a LDB (Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional) num ataque aviltante a liberdade de expressão e a liberdade de cátedra, ou seja A LEI DA MORDAÇA quer negar a nós professor@s o principio básico da nossa profissão que é a liberdade de aprender, ensinar, pesquisar e divulgar o pensamento, a arte e o saber. Tendo como finalidade a garantia do pluralismo de idéias e concepções no ensino, bem como a autonomia didático-científica.

Entenda porque somos contra mais este golpe contra a educação:
http://revistafenix.pro.br/PDF39/dossie_1_escola_sem_partido_introdução_fenix_jan_jun_2017.pdf

APOIO A CANDIDATURA DO PROF. ALDO SANTOS 5065: Carta aos Professores e Professoras

Neste momento de profunda divisão entre os detentores do capital e os explorados historicamente pelo sistema capitalista, não tem espaço...