sábado, 12 de novembro de 2016

Encontro: Centro Cultural São Paulo

Hoje (depois de algum tempo)
De trem Atravessei a cidade
Seguindo os trilhos
De Caieiras à Vergueiro
De uma Estação à outra 
Prestando atenção no povo que gritava

Amendoim doce...
Você escuta e fala, só 5 real o fone...
Na minha mão é 3 barra por 5...
Chocolate, água, saquinho de batata...
Governo safado...
Político corrupto é tudo igual...
Tô desempregada...

Uma ajuda pra levar comida pra casa
Uma moeda que seja,
Em nome de Jesus Cristo
É pra comprar remédio
Passei em três postos e não tinha nada

Viagem concluída
Respirei aliviada
Os jardins do CCSP estão bem cuidados
Muita gente bonita espalhada
Uma menina-moça...
Saia tipo indiana, cabelos trançados...
Enrolando um baseado
Achei linda (a liberdade) daquela menina!

Com quarenta minutos de atraso
Cheguei ao local combinado
Mesmo lugar, vinte anos passados
O mesmo assunto em pauta
O abraço sempre inédito
O bem quer aumentado
Gratidão meu clássico Camarada
Juntei estas palavras
Como pretexto pra te dizer obrigada!
Querido Camarada Alfredo Dos Santos <3
 — sentindo-se renovado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Lúcia Peixoto: Sou PSOL sonho socialismo

Do dia de hoje só espero que passe compassadamente, num constante tic-tac Que os pássaros que ouço ao longe não se cansem de cantar Que a...