Pular para o conteúdo principal

Encontro: Centro Cultural São Paulo

Hoje (depois de algum tempo)
De trem Atravessei a cidade
Seguindo os trilhos
De Caieiras à Vergueiro
De uma Estação à outra 
Prestando atenção no povo que gritava

Amendoim doce...
Você escuta e fala, só 5 real o fone...
Na minha mão é 3 barra por 5...
Chocolate, água, saquinho de batata...
Governo safado...
Político corrupto é tudo igual...
Tô desempregada...

Uma ajuda pra levar comida pra casa
Uma moeda que seja,
Em nome de Jesus Cristo
É pra comprar remédio
Passei em três postos e não tinha nada

Viagem concluída
Respirei aliviada
Os jardins do CCSP estão bem cuidados
Muita gente bonita espalhada
Uma menina-moça...
Saia tipo indiana, cabelos trançados...
Enrolando um baseado
Achei linda (a liberdade) daquela menina!

Com quarenta minutos de atraso
Cheguei ao local combinado
Mesmo lugar, vinte anos passados
O mesmo assunto em pauta
O abraço sempre inédito
O bem quer aumentado
Gratidão meu clássico Camarada
Juntei estas palavras
Como pretexto pra te dizer obrigada!
Querido Camarada Alfredo Dos Santos <3
 — sentindo-se renovado.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A APROFFIB apoia e convida a todos para GREVE GERAL no dia 30 de junho

LUTAR É PRECISO!!!
A APROFFIB apoia e convida a todos para GREVE GERAL no dia 30 de junho
"Morrer ou deixar morrer" Não é querer fazer alusão as ideologias nazistas ou a qualquer tipo de ideologias, nem é ser anarquista, mas pelo contrário, é suscitar uma atitude crítica na sociedade em que vivemos. Recordarmos Nietzsche quando diz que nos tornamos passíveis diante dos problemas sem questionar ou lutar, enfim quando fugimos dos nossos direitos, transferimos o nosso poder a outras pessoas. Assim nós o perguntamos “morrer, ou deixar morrer”? Morrer é lutar pelos seus direitos, é lutar pela vida é fazer algo de sua existência, e deixar morrer é simplesmente cruzar os braços para tudo, para sociedade e principalmente para esse governo que nos massacra e tira de nós trabalhadores o direito à vida digna, o direito ao trabalho digno e principalmente o direito de se aposentar. E hoje, o que estamos fazendo? Durante o nazismo, o povo alemão matou e deixou morrer “por não saber o que ac…

Nota da APROFFESP sobre a greve geral de 30 de junho/2017

Nota da APROFFESP sobre a greve geral de 30 de junho/2017
“Trabalhadores do mundo inteiro uni-vos!” (K. Marx)

A greve geral do dia 30 de junho foi mais uma data que marcou significantemente a disposição de vários setores da classe trabalhadora em enfrentar de forma organizada os ataques aviltantes impostos pelo governo Temer com o aval do Parlamento, que na sua grande maioria está comprometido com esquemas de corrupção e ainda com a benevolência do STF, cujos membros são indicados pelo Presidente da República, o que no mínimo nos leva a duvidar da imparcialidade de seus ministros, sempre expostos aos interesses escusos das quadrilhas organizadas nos bastidores do poder.
Embora tenha ficado nítido um recuo (que precisa ser explicado!) por parte das grandes centrais sindicais, que diferente do dia 28 de abril, não se empenharam na convocação e na mobilização para garantir uma greve geral. Mesmo assim, aconteceram grandes manifestações por todo o Brasil com repercussão em vários órgãos de i…

Concurso: DIRETOR DE ESCOLA

Gargo:  DIRETOR DE ESCOLA
Inscrições:  de 03/07/2017 a 17/07/2017
Salário:  R$ 3.834,00
Data da Prova:  03/09/2017
Nível:  Superior
Vagas Disponíveis:  1.878
Organizadora:  Nosso Rumo
Edital de Abertura
Taxa de Inscrição: R$ 82,73

O conteúdo programático está pautado na Resolução SE 56, de 14-10-2016

Segue uma versão mais organizada

Resolução SE 56, de 14-10-2016
Dispõe sobre perfil, competências e habilidades requeridos dos Diretores de Escola da rede estadual de ensino, e sobre referenciais bibliográficos e legislação, que fundamentam e orientam a organização de concursos públicos e processos seletivos, avaliativos e formativos, e dá providências correlatas
Pode ser uma chave de interpretação a definição do perfil do Diretor de Escola da rede estadual de ensino, que propicieeducação básica inclusiva, democrática e de qualidade
Diretor de Escola
Sumário 1. Perfil do Diretor 2. Princípios que orientam a ação do diretor na SEE-SP 2.1. Compromisso com uma educação com qualidade e da aprendi…